Execuções em Águas Lindas podem ter sido ação de justiceiros

Unknown | 09:16:00 | 0 comentários

Dois homens morrem e um fica ferido, na quadra 4 do setor 6, vítimas de execução a tiros disparados por ocupantes de Fiat Uno de cor escura.


Um dos homens é Paulo Rogério de 24 anos, morador daquele setor que estava indo para a parada de ônibus buscar a namorada. Ouvida pela nossa reportagem, a namorada de Paulo, disse que ele era uma pessoa de bem e que sempre a buscava na parada para que não corresse risco de ser assaltada. Disse ainda, que de longe viu quando Paulo vinha ao seu encontro, que um carro escuro passou por ela e em seguida ouviu vários tiros procurando se esconder. Ela contou que o carro sumiu na escuridão, e quando procurou pelo namorado o encontrou já sem vida, estirado no chão. A moça tremia muito e chorava copiosamente, diante do corpo de seu protetor.




Um menor de 17 anos, também foi baleado e socorrido por uma equipe do SAMU. O menor disse que descia a rua de bicicleta quando foi atingido por um tiro disparado por um dos ocupantes do Uno preto ou azul escuro.

O outro homem foi identificado apenas como Brayam, também socorrido pelo SAMU e levado ao Hospital Bom Jesus, não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.

A equipe do SAMU, que socorreu o menor, pediu proteção da PM com medo de ser atacada no percurso até ao hospital.

Viaturas da Polícia Militar permaneceram no local preservando ao cenário do crime para realização da perícia.

Agora, são mais três crimes bárbaros para serem investigados pelo GIH-Grupo de Investigação de Homicídios da Delegacia regional de Águas lindas.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Quando se trata de acerto de contas entre marginais e dívida com traficantes, entendemos que os envolvidos desenharam seus destinos, mas ver uma namorada chorando desesperadamente ao lado daquele que a protegia, ficamos comovidos.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Fotos: Genildo Macedo/TV CMN

Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários