Foragido do DF volta pro xilindró na barca do GPT

Unknown | 14:23:00 | 0 comentários

Após denúncia anônima sobre a atuação criminosa de dois elementos, uma equipe do GPT de Águas Lindas, compareceu à quadra 55 do Setor Cidade do Entorno, onde avistaram a movimentação dos suspeitos, que ao avistarem a viatura, entraram em uma residência numa tentativa de despistar os policiais.


Os policiais foram atrás da dupla, efetuando a detenção de, Francisco Batista da Silva Júnior 32 anos, e R.S.F 24 anos. Na revista pessoal os policiais encontraram com Francisco, uma pequena quantidade de droga, que o mesmo disse ser para consumo próprio, mas, em uma busca minuciosa no local, encontraram meio tijolo de maconha, sete munições calibre 38 (intactas), um coldre e um baú de moto. Com a “casa caída”, Francisco espontaneamente contou aos policiais que era fugitivo do sistema penitenciário do DF, de onde estava foragido desde o saidão da páscoa. Disse também já ter várias passagens por diversos crimes, como, assalto a mão armada, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma. Conversador e bem tranquilo, disse para nossa reportagem que já tem dois irmãos presos por assassinato e roubo.



O Sgt. Santos, ligou para o número que tem no baú, e foi informado que o mesmo pertence a uma moto da empresa que foi roubada em Brasília.

A equipe comandada pelo Sgt. Santos, era também composta pelo cabo Wendel e os soldados Altevir e Sales.


COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

A tranquilidade do Francisco demonstrava que já estava com saudades do conforto do presídio. Isso mostra que as coisas pra ele estão melhor na cadeia que propriamente fora dela.

Enquanto isso, no Congresso Nacional, senadores e deputados passam o tempo discutindo e votando Leis como a da “palmada e da homofobia”, mas o Código Penal Brasileiro continua o mesmo “velho conhecido dos meliantes”.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Fotos: Gustavo Macedo/TV CMN

Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários