Polícia Civil coloca dez foragidos no arame

Unknown | 09:44:00 | 0 comentários



Polícia Civil de Águas Lindas prendeu nove homens e uma mulher que estavam com mandado de prisão em aberto. Conforme o Dr. Fernando Gama, delegado chefe da Delegacia Regional de Águas Lindas, foi montada uma operação envolvendo todas as delegacias da cidade, sendo coordenada pelo Dr. Renato da 1ª DELEGACIA, e contou com a participação dos delegados, Dr. Cleber Júnior do GIH, Dr. Pablo do GENARC, Dr. Ricardo também da 1ª DELEGACIA e da delegada Dra. Ana Cristina da DEAM/DEPAI e DPCA, e mais trinta e cinco agentes.

A operação teve início na tarde de quinta-feira (29), com prisões realizadas até pela madrugada, e foi encerrada às 12h00m da sexta (30/05), que, conforme os delegados e agentes, o resultado foi positivo. Alguns dos procurados, já se encontravam presos, por cometimento de outros crimes, “três estão na Papuda e outros três no Presídio de Águas Lindas”, e também assinaram mais uma “nota de culpa”, aumentando suas contas com a Justiça.



Dos dez presos, a maioria são de alta periculosidade, como, traficantes, latrocidas e homicidas, mas também haviam ladrões comuns. A mulher presa trata-se de “Indiana” uma traficante velha conhecida da polícia, que estava irritada com a presença da imprensa, tendo dirigido ameaça velada ao repórter Cleilton Barbosa da TV Brasília, dizendo, “ninguém fica a vida inteira na cadeia”, e em seguida o chamou de, “sensível”.


Conforme uma policial, o procurado José Mateus, 24 anos, reagiu ao receber ordem de prisão, dando trabalho para os policiais, mas foi contido e agora terá que pagar sua dívida com a Justiça.

Um dos presos procurado por assassinato, agora é pastor evangélico, e disse tranquilamente que só matou um e baleou outros, mas que isso, foi antes de aceitar Jesus. Situação que não o livra da cadeia, e vai ter que pagar o débito com a justiça dos homens.


COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Muitas vezes, a população não vê o trabalho da Polícia Civil, porque é executado após dias e até meses de investigações que sempre dão bom resultados, assim como as prisões feitas nessa operação, que tirou das ruas, pessoas que já deveriam estar na cadeia, mas estavam soltas, e algumas delas em plena atividade criminosa, tirando o sossego das pessoas de bem.

Nossos parabéns para a Polícia Civil.

Carlos Leal, sem papas na língua.


Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários