Pai é preso por esconder carro roubado pelo filho

Unknown | 09:40:00 | 0 comentários




 Ladrões chegaram em um bar no setor-3 de Águas Lindas, e assaltaram dois cidadãos, subtraindo-lhes vários objetos e levaram também a Frontier de uma das vítimas, e a esconderam em um condomínio onde trabalhava o pai de um deles.

A vítima informou que a Frontier tinha rastreador. Os policiais fizeram contato com a seguradora que rastreou o veículo informando que a sua possível localização seria na Quadra 109 do setor 10. Os policiais foram ao local e a Frontier estava lá, só que escondida entre duas casas vazias,  e fizeram campana aguardando a chegada de alguém. Logo que os moradores chegaram, foram abordados, e quando perguntados negaram qualquer envolvimento com a Frontier, mas, caíram em contradições e acabaram assumindo a autoria do roubo. 




Com a “casa caída”, os malas levaram os policiais até a Q-7 da Cidade do Entorno, onde haviam  “malocado” os objetos roubados. Ao se aproximarem do local, os policiais  avistaram vários elementos que percebendo a aproximação  das viaturas evadiram-se deixando para trás drogas, bicicletas de “marca” roubadas em Brasília e vários objetos , que foram apreendidos.


 


Para não segurarem a “bronca”, os malas presos “deduram” Maicon como sendo o terceiro integrante do bando de larápios, e que o mesmo poderia ser encontrado na  Q-1 do setor Pinheiro-1, onde foi encontrado e preso.


Levados para Delegacia de Polícia de Águas Lindas, os ladrões e os objetos foram imediatamente reconhecidos pelas  vítimas, onde os gatunos foram identificados como sendo Maicon Moreira da Silva de 19 anos, Glaydson Flávio Gualberto Pereira de 20 anos e o pai dele João Roberto Pereira 38 anos que ficaram trancados no xilindró da DP.

Mais uma vez, o cabo Oliveira e o soldado Honório usaram da perspicácia policial para tirar de circulação elementos nocivos à sociedade.




COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Ladrão inteligente é assim mesmo, a polícia pergunta educadamente, e eles “deduram” até o próprio pai.  Como diz um velho ditado, “família que rouba unida, permanece unida”, mas na cadeia.
Carlos Leal, sem papas na língua.

Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários