Recuperando objetos furtados a PMs encontraram motos roubadas

Unknown | 17:03:00 | 1 comentários


Dois irmãos menores, com passagens pela polícia, furtaram de forma inusitada uma “cachanga muda”, no setor Camping Club em Águas Lindas de Goiás. Um dos menores alugou um barracão onde foi morar com a companheira. No lote existe outro barracão, onde também mora um casal que precisou viajar para o Estado do Piauí, mas antes pediu  ao outro casal que ficasse de olho no barraco . Aproveitando que a casa estava sozinha e com a ajuda de um carroceiro, os irmãos “mãos leves”, furtaram todos os móveis, objetos e aparelhos eletro eletrônicos da residência.



Depois do furto, a companheira do menor ”mão leve”, ligou para vizinha que está viajando informando-a que a casa dela havia sido roubada.  De conhecimento do fato, a mulher ligou para proprietária do lote pedindo-a que verificasse se a informação era verdadeira.

A proprietária, que foi até ao local verificar o que estava acontecendo, constatando que o barracão onde mora o casal que está viajando havia sido realmente arrombado e os móveis furtados. Percebendo que o portão não tinha vestígios de arrombamento, ela perguntou aos vizinhos e ficou sabendo que uma carroça foi usada para praticar o furto, aí, desconfiou do envolvimento do seu outro inquilino em que chamou a polícia.



O cabo Oliveira e o soldado Honório, da viatura 6259, compareceram ao local e abordaram o inquilino suspeito, que admitiu o furto e foi detido, levando os policiais à uma casa da quadra 15 do setor 4, onde está malocada uma parte do furto. No local, o outro irmão também foi detido. Em seguida, os irmãos levaram os policiais até a uma distribuidora de gás onde haviam vendidos os botijões furtados. De lá, levaram os policiais até um mocó existente na favelinha do setor 3 aonde haviam malocado o sofá.

No “mocó”, os policiais encontraram também duas motos completamente desmontadas e sem as placas, que foram identificadas pelos respectivos números dos motores como roubadas.


Foram tantos os objetos recuperados, que um caminhão baú teve que ser contratado para levá-los novamente para casa de seus legítimos donos.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Um fato inusitado. O casal que precisou viajar, literalmente pediu ao rato para vigiar o queijo.

Para quem ainda não sabe, “cachanga muda” é a casa quando os donos estão ausentes.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Categoria:

Espalhe por aí

1 comentários

  1. Anônimo says:

    O mais triste disto tudo é que mesmo tendo passagem pela polícia estes menores foram liberados no mesmo dia ,e o pior farão de novo
    ,que justiça é essa em que os policiais se arriscam para prender ,se empenham e simplesmente não da em nada ,por serem menor fazem e acontecem e continuam suas vidas como se nada tivesse acontecido e como se fosse a coisa mais normal roubar e lesar o pobre do trabalhador que luta para ter suas coisas ,este é o nosso país cada dia mais sem lei para punição,defendo a maioridade eles tem que responderem pelos seus atos como adultos sim.