Santinhos do “pau oco” no xilindró

Unknown | 13:22:00 | 1 comentários


Roubaram o instrumento de trabalho do moto taxista, mas foram localizados pelo rastreador.

Já não bastasse a falta de passageiros, os moto taxistas voltaram a ser alvo dos bandidos. Na noite dessa terça feira (23/07), por volta das 22:30hs/m, um passageiro solicitou uma corrida. Sem saber que era um “peba”, o moto taxista aceitou o serviço. Quando chegou ao destino, ao invés de receber o dinheiro, o moto taxista recebeu uma coronhada na cabeça e teve sua moto roubada.




A equipe da viatura 6059 com o Sd. Deodato e Sd. Lopes compareceu ao local, ouvindo a vítima que os informou que a moto tinha rastreador. Imediatamente, os policiais solicitaram o rastreamento do veículo que foi localizado na Quadra-69 conj.-C do Setor-9. Em situação de flagrante, pediu apoio do CPU e da viatura 6056, adentrando no imóvel onde recuperaram a moto e prenderam James Pereira Oliveira de 19 anos, e apreenderam um menor, “menor na idade, mas grande na vagabundagem”.

O menor tentou livrar a cara do James dizendo que o outro mala é o Adriano, e que a arma é simulacro  uma “réplica”, também contou que a placa da moto foi jogada na fossa.




Santinhos do “pau oco”:

O maior, disse que todos os dias vai pra igreja, que é ele quem cuida da casa enquanto a mãe trabalha, e também que não tem nada a ver com o roubo. Mas, na ficha criminal “santinho” consta passagens por tráfico de drogas Art. 33 da Lei11.343/06 e porte ilegal de armas Art. 16 do Estatuto do desarmamento.

O menor, contou uma “história da carochinha”, dizendo ser trabalhador e estar com a prestação do celular atrasada  e que pagamento só sai dia 5, por isso aceitou o convite para fazer a “fita”. Mas, na ficha desse outro “santinho”, consta uma passagem por assalto a mão armada Art. 157 do CPB.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

É sempre assim, protegidos pelo ECA-Estatuto da Criança e do Adolescente, os menores são orientados a assumirem toda “bronca”, pois sabem que são intocáveis, e praticamente “fora do alcance das Leis”. Mas, despercebidamente, o menor “dedurou” um tal de Adriano como terceiro elemento do bando que está de posse da arma.

Carlos leal, sem papas na língua.

Categoria:

Espalhe por aí

1 comentários

  1. Anônimo says:

    O lugar ordinario esse goias nem os coitados que ja ariscam a vida em cima de uma moto eles deixam em paz