A intolerância religiosa continua na cidade de Águas Lindas de Goiás

Unknown | 17:41:00 | 0 comentários



Mais uma vez a intolerância religiosa assustou o povo de Águas Lindas e já não basta a violência nessa cidade, algumas pessoas se irritam com a presença da Santa na entrada do Jardim Brasília.



Um elemento adentrou no espaço aonde fica uma estátua de Nossa Senhora Aparecida na entrada da avenida comercial de Águas Lindas e começou a tacar pedras na imagem como se ela tivesse culpa de alguma coisa. Um motorista que faz frete ali por perto gritou com o elemento e o mesmo começou a xingar chamando pra briga, falando palavras de baixo calão e diante disso os populares conseguiram deter o rapaz que estava furioso alegando que a prefeitura não deveria gastar dinheiro com a imagem.
Um dos populares foi agredido, a polícia foi chamada, mas demorou a chegar, entretanto o indivíduo quase foi linchado e quando a polícia chegou apenas liberou o elemento que estava depredando o patrimônio público.



Segundo informações estamos com poucas viaturas restando em Águas Lindas e por isso a demora para acabar de vez com o caso do jovem. O rapaz saiu dizendo que iria voltar e quebrar a imagem, a equipe da TV CMN esteve no local e constatou que a Santa está abandona sem os devidos consertos com a iluminação que está quebrada com fios expostos. Quem for para o local à noite com crianças rezar tem que ter muito cuidado até mesmo os adultos para não sofrer descargas elétricas.

Moradores pedem à prefeitura providências em relação a esses problemas para evitar um desfecho triste.

O caso da Santa

Esta não foi a primeira vez e nem será a última e no dia 22 de Abril de 2012, em mais um ato de intolerância religiosa, evangélicos tentaram destruir à marretadas a imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do município.


O caso foi repercutido no Brasil e no mundo todo sendo comentado pelo Papa na época e esperamos que isso não volte acontecer.


O ato do evangélico Rafael de Araújo Teixeira revoltou não só aos católicos, mas também a outros seguimentos religiosos que fizeram muitos comentários condenando o que classificaram como vandalismo e desrespeito. Até mesmo alguns evangélicos que disseram não concordar com a adoração de imagens, condenaram o ato do seguidor religioso.


Afinal que mal ela está fazendo ali? Alguns querem respeito sem ao menos demostrar respeito?

Fotos: Genildo Macedo / TV CMN

Categoria: ,

Espalhe por aí

0 comentários