Menina que ficou em estado vegetativo pode ter sido por erro médico

Unknown | 15:08:00 | 0 comentários


Todo mundo já ouviu falar que a injeção benzetacil é só uma agulhada e depois a dor passa, mas no caso de Ana Clara a dor continuou.

Três meses atrás, a jovem saiu da aula com um furunco no braço e procurou ajuda no Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas de Goiás. A menina foi atendida e recebeu uma injeção, porém a menina caiu chamando pela mãe.


O desespero da mãe foi grande com a menina na maca dentro do hospital e a mal notícia veio logo em seguida, pois a jovem já estava tendo uma parada tendo uma reação alérgica causando uma AVC.

A adolescente de 16 anos estudava, fazia curso, ia para a igreja, andava e voltava com as suas próprias pernas fazendo as coisas que mais gostava e hoje não tem ajuda nem do governo.

A família precisa de seringas, de luvas, máscaras, de uma alimentação correta e de fraldas.

Em caso de emergência, dona Fátima não vai conseguir nenhuma ambulância na rua dela onde mora devido as crateras por todos os lados impedindo a passagem de veículos. O Próprio Corpo de Bombeiros já avisou a dona Fátima que em caso de emergência, nenhuma ambulância irá ao local.

Fatalidade ou negligência? As autoridades agora precisam apurar para ver o que aconteceu neste caso e dar uma resposta a sociedade.

Reportagem: TV BRASÍLIA

Categoria: , ,

Espalhe por aí

0 comentários