Policial militar morre após capotamento gravíssimo na BR 070

Unknown | 15:52:00 | 0 comentários


O policial militar cabo Renato Fernandes da Silva de 37 anos, morreu nessa tarde de sexta-feira (05/02), após a viatura capotar na BR 070, sentido Brasília. Os paramédicos do Corpo de Bombeiros chegaram a socorrê-lo e ainda tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram.

Segundo informações do próprio Corpo de Bombeiros, havia ainda mais três policiais dentro do veículo e foram encaminhados ao Hospital Regional de Ceilândia com ferimentos, mas não correm risco de morte.

As primeiras informações são de que a PMDF perseguia um carro roubado quando o condutor perdeu o controle e saiu da pista. Durante a capotagem, Renato foi arremessado para fora da viatura e provavelmente não estava usando o cinto de segurança. O veículo usado parou no canteiro central da via, escorado em um poste.

A BR 070 estava escorregadia e durante uma tentativa de socorrer as vítimas, quase que outro acidente ocorreu, uma das viaturas dos Bombeiros derrapou saindo da pista, mas ninguém ficou gravemente ferido.


Segundo informações 4 helicópteros, pelo menos 20 veículos das corporações foram acionados para o resgate e por causa dessa tragédia, o trânsito ficou congestionado.

Mais uma vez, a BR 070 vem fazendo vítima e infelizmente perdemos um policial militar que seguia o bandido, enquanto isso o ladrão está solto e a família juntamente com os amigos do policial em prantos por perder um ente querido.



A Secretaria de Segurança Pública lamentou a morte do policial militar. “Por 13 anos na corporação, o militar serviu à população do Distrito Federal, colocando a própria vida em risco para garantir a segurança aos cidadãos”, afirmou a pasta, que diz se solidarizar com familiares, amigos e colegas de profissão do servidor.

Rodrigo Rollemberg também lamentou muito e solidariza com a família, amigos e com toda a corporação da Polícia Militar, pois é uma perda irreparável. Ainda disse que é preciso reconhecer, valorizara bravura, coragem e dedicação de todos os policiais militares que arriscaram suas vidas diariamente.

O enterro do policial aconteceu nesse sábado (06/02) no Cemitério de Taguatinga e durante o enterro, que ocorreu ás 16h30, amigos emocionados se despediram com forte comoção do colega que trabalhou por 13 anos na corporação.

Diante de honras militares, cerca de 2 mil pessoas estavam presentes, helicópteros jogaram pétalas de flores e ainda contou com os aplausos de todos os moradores de Taguatinga que pararam para homenagear um pai que deixa agora uma esposa e um filho.

Por voltas das 16h30 da tarde, alguns Batalhões da Polícia Militar ecoaram sirenes dos carros oficiais em homenagem ao policial morto em serviço.

Fotos: WhatsApp da TV CMN

Categoria: ,

Espalhe por aí

0 comentários