Crise na educação: Gastos não justificados de quase R$ 1 milhão chamam a atenção do Tribunal de Contas dos Municípios

Unknown | 10:47:00 | 0 comentários


Um protesto de servidores das áreas da educação e da saúde na frente da prefeitura chamou a atenção de quem passava por lá, hoje (05/04) pela manhã. Centenas de manifestantes cobravam o cumprimento de acordos já firmados com o governo. Capacitação e complementação salarial estavam entre as reivindicações. Segundo a diretora do sindicato, Eliene Braga, o prefeito Hildo do Candango (PTB) se comprometeu a cumprir, nos próximos dias, os acordos. Caso contrário, uma nova paralisação deverá acontecer.

          

E a área da educação merece bastante atenção aqui no município de Águas Lindas. Ainda mais depois que o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou a documentação apresentada pelo ex-secretário de educação, Silvério Correa dos Santos. Segundo o relatório do órgão de fiscalização e controle, ele não conseguiu justificar gastos de quase um milhão de reais.

Esses recursos foram destinados ao Fundeb, o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. De acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios, as irregularidades totalizam R$ 904.798,65 (novecentos e quatro mil, setecentos e noventa e oito reais e sessenta e cinco centavos). Essa quantia deverá ser devolvida aos cofres públicos.

E esses recursos estão fazendo falta. Raissa Alves, de 13 anos, sofre com a falta de professores. A estudante reclama que frequentemente fica sem aula, e acaba sendo prejudicada.
E os problemas não param por aí. Imagens enviadas para a TV CMN mostram obras que não terminam nunca nas escolas do município. Tem prazo esgotado há mais de um ano.

Por telefone, o ex-secretário, Silvério Correa dos Santos, informou que estava em Goiânia para tentar reverter a decisão do Tribunal. Ele estaria apresentando documentos que comprovariam os gastos, apesar do prazo para a defesa já ter terminado. Caso contrário, as contas já rejeitadas podem torná-lo inelegível.

Sobre as obras atrasadas, o atual secretário de educação, Deusimar Bezerra, afirmou que até o fim de maio, tudo estará concluído. Ele informou também que uma licitação para a construção de 8 novas creches já está concluída, e que as obras começam em breve.  E ainda há a previsão de instalação de 3 quadras esportivas no Jardim Village, no Jardim Querência e no setor Barragem V.

Reportagem: Jayme Vasconcellos / TV CMN

Foto: Gildemar Silva / TV CMN

Categoria: , , , , ,

Espalhe por aí

0 comentários