Confraternização Inclusiva

Gusttavo Macedo | 11:14:00 | 0 comentários

 



A ação de incluir ou integrar pode ser vista em diversos aspectos. Socialmente, por exemplo, a inclusão representa a possibilidade de determinados grupos fazerem parte de ambientes que antes não frequentavam.

O Reciclando o Futuro preza pela inclusão social em todos os aspectos. Por isso, neste Natal, foi realizada uma confraternização inclusiva. O empresário Juraci da Tesoura de Ouro abriu as portas do seu restaurante Redentor, em Taguatinga, para que 250 assistidos do Reciclando o Futuro da Estrutural e do Sol Nascente pudessem ter uma ceia de Natal, em um lugar diferente, e onde muitos não possuem condições financeiras para frequentar, nesse momento.

O evento também teve como objetivo integrar os assistidos de diferentes localidades do Distrito Federal, para relembrarem como começou a história do Instituto: mulheres que se capacitaram na Estrutural, na atividade de panificação, foram para o Sol Nascente ensinar outras mulheres. Uma das professoras nunca mais voltou para a Estrutural e, hoje, é a responsável pelo polo do Reciclando o Futuro, no Sol Nascente.” – comentou a idealizadora Renata d’Aguiar

Essa integração também foi muito importante para fortalecer a esperança de todos os assistidos que almejam mudar as suas histórias. Alguns voluntários hoje são antigos assistidos do projeto, e aproveitaram a oportunidade para compartilhar seus testemunhos, como foi o caso do ex catador Elton Rodrigues, que hoje trabalha como fiscal na empresa Valor Ambiental.



Além do jantar, o Instituto distribuiu uma cesta básica para cada família, garantindo uma virada de ano farta para seus assistidos.  A confraternização também contou com a participação do Ministério Avivar, localizado em Taguatinga. Seus representantes distribuíram panetones para os presentes.

Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários